Seminário: Zoneamento das Áreas vulneráveis à Desertificação no Estado de Pernambuco

Equipe do Seminário pesquisando e analisando o mapa Municipal (foto: Maria Elizabete)
Equipe do Seminário pesquisando e analisando o mapa Municipal (foto: Maria Elizabete)

O trabalho é fruto de convênio entre a secretaria de meio ambiente e sustentabilidade de Pernambuco (Semas), superintendência de desenvolvimento do nordeste (Sudene) e governos municipais, tendo como órgão executor a empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa)  em sua unidade do seminário.

Cumpre com objetivos e ações definidas no programa Estadual de Combate à desertificação e mitigação aos Efeitos da seca de Pernambuco (PAE-PE) e se insere nas iniciativas do programa caatinga sustentável, que tem como objetivo garantir a segurança alimentar, hídrica, e energética para o semiárido do estado. O seminário foi ministrado pelo biólogo e sociólogo, Hélio. Participaram deste Seminário a Secretaria de Agricultura, Assessoria de Comunicação e convidados.

A realização dos encontros na escala dos 122 municípios localizados no seminário tem como objetivo angariar subsídios e informações para elaboração do documento final do ‘’Zoneamento das áreas vulneráveis à Desertificação no Estado de Pernambuco’’, tanto ligado a elementos do meio físico-biológico, como de aspectos socioeconômicos que possam ajudar a compreender o desencadeamento do processo a nível local.

Os 61 encontros articulando dois a dois os 122 municípios do semiárido, procedem às realizações de 14 workshops regionais e o encontro Estadual voltado à consolidação do zoneamento.